quarta-feira, 5 de abril de 2017

A estudante Débora Pessoa representa o Nordeste no Transformar 2017



Que tal fazer uma imersão em práticas pedagógicas e escolas inovadoras que estão alcançando resultados surpreendentes ao redor do mundo?  Essa é a proposta da quarta edição do Transformar, o principal evento sobre inovação em educação do país. Promovido por Inspirare/Porvir, Fundação Lemann e Instituto Península, o evento aconteceu no dia 4 de abril, na Expo Barra Funda, em São Paulo (SP). 

Nesta edição, especialistas, educadores e representantes de instituições de ensino brasileiras e internacionais compartilharam com detalhes suas experiências. O público pôde conhecer erros e acertos no desenvolvimento de aulas e escolas baseadas em temas como competências para o século 21, projetos, games, tecnologia e sustentabilidade.

Os alunos tiveram, pela primeira vez, um lugar de destaque e foram os responsáveis pelo painel de abertura do evento, quando apresentaram diferentes pesquisas sobre o que o jovem pensa a respeito da educação e como seria a escola dos sonhos.

Um jovem de cada região do país foi selecionado para representar os estudantes brasileiros. Débora Pessoa Sousa, 18, aluna da EEM Ronaldo Caminha Barbosa - Cascavel/CE, representou a região Nordeste. Envolvida com projetos científicos e sociais durante todo o ensino médio, Débora já venceu a Feira Regional e a Feira Estadual de Ciências e Cultura promovida pela Seduc, foi premiada em mais de 10 eventos científicos nacionais e internacionais e foi uma das vencedoras do "DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA -2016" com o projeto Entre Versos e Rimas: História e Cultura Local Frente à Homogeneização Cultural. Todo esse engajamento fez com Débora levasse às boas práticas de protagonismo estudantil desenvolvidas no estado do Ceará. 

O Transformar é voltado para educadores, investidores, empreendedores, representantes do poder público e líderes da sociedade civil. Seu principal objetivo é inspirar e orientar atores estratégicos para que criem escolas, práticas pedagógicas inovadoras e políticas públicas sintonizadas com a sociedade contemporânea e, especialmente, com os alunos do século 21.




 




sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Projeto "Produção de Ração-Animal alternativa" é finalista da FEBRACE, competição científica da USP-SP


O projeto "Produção de Ração-Animal Alternativa a Partir de Cooprodutos Agroindustriais" desenvolvido pelos estudantes Daniel Thiago Sousa Silveira e Beatriz Pessoa Sousa, sob orientação da professora de Biologia Jôseline Maria Sousa Nascimento é um dos finalistas da FEIRA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS E ENGENHARIA - FEBRACE realizada anualmente na Escola Politécnica da USP, na Universidade de São Paulo.

Foram mais de 2.5000 projetos submetidos para seleção dos 330 finalistas. A FEBRACE é a mais concorrida feira de ciências do país e reúne estudantes de todos os estados brasileiros que desenvolveram projetos de excelência nas ciências e engenharias. O projeto da EEM Ronaldo Caminha Barbosa competirá na Categoria de Ciências Agrárias.  

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na Universidade de São Paulo uma grande mostra de projetos. A FEBRACE assume um importante papel social incentivando a criatividade e a reflexão em estudantes da educação básica, através do desenvolvimento de projetos com fundamento científico, nas diferentes áreas das ciências e engenharia.

Durante o mês de março os estudantes finalistas apresentarão seus projetos e concorrerão a prêmios de diversas organizações científicas, empresas e demais instituições. Além disso, os estudantes concorrem a vagas para a INTEL ISEF, a maior competição de ciências e engenharia do mundo realizada anualmente em uma cidade diferente dos Estados Unidos.

O projeto "Produção de ração-animal" é fruto da política de incentivo à educação científica instituída pela Secretaria de Educação do Estado do Ceará.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Projeto "Matematicando" é CAMPEÃO GERAL do CEARÁ CIENTÍFICO - ETAPA ESTADUAL


A EEM Ronaldo Caminha Barbosa, participou, no período de 15 a 18 de dezembro de 2016, no Centro de Formação Olímpica, em Fortaleza da Etapa Estadual do Ceará Científico 2016, promovida pela Secretaria da Educação do Estado do Estado do Ceará – SEDUC em parceria com a Seara da Ciência (UFC). 

O Ceará Científico foi uma ação da Secretaria da Educação do Estado do Ceará que, na edição de 2016, unificou a X Feira Estadual de Ciências e Cultura e a VI Mostra de Educação Ambiental da Rede Estadual de Ensino e contou com a participação de alunos, professores, técnicos e gestores da educação. O evento foi uma culminância das etapas realizadas nas escolas, municípios e CREDE.




 Nossa escola participou com o projeto "MATEMATICANDO: UMA PRÁTICA DE APRENDIZAGEM E INCLUSÃO" na categoria Matemática e suas aplicações. O projeto foi credenciado para a etapa estadual através da vitória na Feira Regional promovida pela Crede 09. O projeto desenvolvido pelos alunos Wermesson Silva de Castro e Diovana Felix sob orientação da professora de matemática Sabrina da Costa Queiroz, obteve o 1º lugar na Categoria Matemática e suas aplicações e o 1º Lugar GERAL entre todas as áreas. Além disso, o projeto ganhou como premiação o credenciamento para participação na MOSTRA INTERNACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - MOSTRATEC, que ocorrerá em outubro de 2017 em Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul. A MOSTRATEC é a maior feira de ciências da América Latina e reúne 20 países de todos os continentes e projetos de todos os estados brasileiros.

A EEM Ronaldo Caminha Barbosa parabeniza a equipe e acredita que o envolvimento dos alunos em projetos científicos é uma estratégia pedagógica fértil de possibilidades.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

VIII Feira Regional de Ciências e Cultura - 2016

A Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação – CREDE 9, por meio da Célula de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem – CEDEA, realizou a VIII Feira Regional de Ciências e Cultura e V Mostra Regional de Educação Ambiental, no dia 25 de novembro de 2016, na EEEP Edson Queiroz/Cascavel, com exposição de trabalhos nas seguintes áreas:  Linguagens, Ciências da Natureza, Matemática e suas Aplicações, Ciências Humanas, Robótica Educacional,  Pesquisa Junior (Ensino Fundamental), Ciências Ambientais - Cientíca e Ciências Ambientais - Artistica/Cultural.

Nossa Escola participou com os seguintes projetos:
Ciências da Natureza: S.O.S CASA: MELHORANDO A QUALIDADE DE VIDA EM MORADIAS DE FAMÍLIAS CARENTES

Linguagens: ENTRELINHAS: UMA PLATAFORMA SOCIOEDUCACIONAL


Matemática: MATEMATICANDO: UMA PRÁTICA DE APRENDIZAGEM E INCLUSÃO.


Ciências Humanas: OLARIAS DO TEMPO: MOLDANDO HISTÓRIAS E MEMÓRIAS ENTRE MONUMENTOS, ARTEFATOS E PESSOAS.


Ciências Ambientais:BIOEMBALAGEM DE RESÍDUOS DE COCO PARA FINS AGRÍCOLAS.

 Nossa escola obteve o 2º Lugar em Ciências Humanas e em Linguagens e o 1º Lugar em Matemática e suas aplicações - pelo segundo ano consecutivo. A EEM Ronaldo Caminha Barbosa parabeniza a todos os alunos e professores envolvidos no processo de pesquisa como prática pedagógica.
 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Projeto "ENTRELINHAS" é um dos vencedores do Prêmio Escola Voluntária - 2016


A EEM Ronaldo Caminha Barbosa foi uma das 10 escolas finalistas do PRÊMIO NACIONAL ESCOLA VOLUNTÁRIA promovido pelo Grupo Bandeirantes e pela Fundação Itaú Social. O prêmio visa reconhecer à nível nacional iniciativas de impacto social encabeçadas por jovens e professores comprometidos com a transformação do lugar onde vivem.

Pela primeira vez projetos do Ceará foram finalistas dessa importante iniciativa que estimula o protagonismo juvenil. Nossa escola foi finalista com o projeto "ENTRELINHAS: UMA PLATAFORMA SOCIOEDUCACIONAL" orientado pelo professor de língua portuguesa Sérgio Furtado Néo e pela diretora Iara Valente do Nascimento Nogueira.

O projeto visa despertar entre alunos e a comunidade o gosto pela leitura através de 30 ações socioeducativas como colagem de frases pela comunidade, envio de poemas para a população e formação de núcleos leitores em comunidades carentes.

Entre os dias 21 e 23 de novembro, as alunas Jennifer Freitas e Érica Nogueira, o professor Sérgio Néo e as gestoras Iara Valente e Mônica Canuto estiveram em São Paulo para o encontro das escolas finalistas. 

Na noite do dia 22, em um grande evento de comemoração no Itaú Cultural, o projeto "Entrelinhas" foi anunciado com o 2º Lugar do Prêmio. Esse resultado relevante reforça o protagonismo estudantil estimulado na EEM Ronaldo Caminha Barbosa por meio da gestão escolar, Crede 09 e Secretaria de Educação do Estado do Ceará.

A iniciativa dos alunos será apresentada no próximo dia 25 na FEIRA REGIONAL DE CIÊNCIAS E CULTURA da Crede 09.